quarta-feira, 21 de maio de 2008

Funge....

A primeira vez que levei o meu marido (nessa altura ainda nao era) a almocar a casa dos meus pais foi uma risada! Foi uma coisa totalmente espontanea, nao planeada. Eu tive de trabalhar num sabado de manha para acabar uma apresentacao a clientes e ele levou-me a casa. Perguntei se queria almocar embora nem soubesse o que era o tal almoco.....Um pouco arriscado, confesso, ja que corria o ano de 1983, em Luanda nao havia muita comida e comia-se aquilo que se arranjava! Nesse dia o Ze tinha ido visitar uns amigos pescadores ali mesmo na Chicala e tinha trazido peixe bom. Como nao havia arroz nem batatas, o peixe era acompanhado de funge, claro! Foi um filme! Ver o meu pai, Portugues, (que embora "habituado" ao funge e comendo-o regularmente, nao tinha por ele grandes amores!) a tentar ensinar um ingles a comer funge! Eu nao conseguia parar de rir! O meu pai molhava o funge no molho e dizia: "Diz-lhe que faca de conta que esta a comer ostras!" "NAO mastigue, HOMEM!!! ENGULA!!!Veja so como isto desliza pela goela abaixo!" Para tornar a situacao ainda mais comica, nesta altura o Mike ainda nao falava Portugues, e embora o Ze lesse e escrevesse um pouco de ingles, falar era outra conversa! Depois dizia-me: "Pensa bem, esse homem nunca vai aprender a gostar de funge!" Quando traduzi, o Mike respondeu: "Nao sei se quero aprender, nao!" Ainda hoje ele me diz na brincadeira que so os meus encantos o convenceram a ficar com uma mulher que come funge! E nao me perguntem o que eu vi num homem que nao come funge NEM mucua!

2 comentários:

Ana disse...

Flôr de maracujá

Nome dum fruto de é a minha perdição. desculpa o abuso... mas deliciei-me com estas recordações. Luanda foi a terra que me viu nascer . Uige foi a terra que me viu crescer... realmente os dias lá eram bem maiores, éramos felizes , livres. o que os nossos filhos cá não são mesmo tendo tudo. Funge que delicioso.. é o prato eleito para juntar amigos. e mesmo os de cá já o comem. saudades são muitas.
bjs
ana maria

Flor disse...

Ola Ana,

Abuso? Nao e abuso nenhum! Qualquer pessoa que ame ou tenha amado Angola e sempre bemvinda a este blog.

My new "baby"

My new "baby"